• Ultimas notícias

    quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

    Como titular, Roger Carvalho acerta trave e dá opção na frente.


    Contratado neste ano após conquistar a última Série B do Campeonato Brasileiro, Roger Carvalho teve sua primeira chance como titular do Palmeiras graças à falha grotesca de Leandro Almeida contra o São Bento e quase balançou as redes. No 0 a 0 diante do Oeste, nessa quarta-feira, o zagueiro acertou o travessão e tentou dar opção no ataque.

    Antes de ver o time de Itápolis pressionar nos minutos finais, exigindo uma sequência de defesas de Fernando Prass, Roger Carvalho tentou ajudar no ataque. Apareceu seguidas vezes na intermediária ofensiva para trocar passes e, no segundo tempo, após cobrança de escanteio de Zé Roberto, testou a bola na trave.

    “Quando jogávamos pelo lado esquerdo, o time embolava para aquele lado e tentei uma maneira de escapar disso, dar uma alternativa a mais para rodar a bola e achar o caminho mais livre”, explicou o zagueiro, que deu um susto no primeiro tempo, ao trombar com Lucas na entrada da área e criar lance que não virou gol do Oeste porque o chute de Marcelinho Paraíba acabou amortecido.

    Mas o que Roger mais lamentou foi não ter vencido. “Precisamos somar pontos e caprichar no último terço do campo para encontrar o caminho da vitória. São as primeiras partidas do ano, isso é normal. Temos um grande elenco e vamos nos acertando para achar o caminho ideal para a temporada”, apontou o zagueiro, pedindo mais toque de bola para as expectativas se confirmarem no Verdão.

    “Tivemos algumas oportunidades contra o Oeste, mas ainda não é o ideal. Começamos a afunilar muito o jogo, a forçar muito. Precisamos ter um pouco mais de paciência, rodar a bola, achar espaços e caprichar um pouco mais no último passe. É procurar acertar os erros para a sequência”, comentou Roger Carvalho.
    Fonte: Gazeta Esportiva

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Total de visualizações de página

    Fashion

    Beauty

    Culture