• Ultimas notícias

    terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

    Descontente, WTorre rompe com administradora do Allianz Parque.


    A construtora WTorre rompeu contrato com o grupo americano AEG, que era responsável pela gestão da Arena do Palmeiras. A ruptura se deu a pedido da WTorre, descontente com os rumos da parceria, segundo o jornal O Estado de S.Paulo.

    Um dos fatos que aumentaram a insatisfação foi a transferência dos shows dos Rolling Stones para o Morumbi, casa do São Paulo – as apresentações acontecem nos dias 24 e 27 de fevereiro em São Paulo. A AEG tem contrato de exclusividade com a banda inglesa, mas, mesmo assim, o evento não será realizado no estádio do Palmeiras.

    Segundo a publicação, os americanos não estariam cumprindo o papel de buscar atrações para a arena. Uma fonte ouvida pelo jornal afirma que a AEG não tinha "sequer um plano de gestão" para o estádio.
    Uma notificação foi enviada pela WTorre à ex-parceira, sugerindo o rompimento. No documento, a construtora se diz surpreendida com a cobrança de R$ 5,1 milhões pela AEG referentes a taxas de administração, patrocínios e reembolsos.

    O estádio palmeirense é palco de desentendimentos entre os administradores. A WTorre não se entende também com a Traffic, responsável pela venda de camarotes.

    Ao "Estado", a Wtorre confirmou o rompimento, mas não comentou o caso. O presidente da AEG no Brasil, Venâncio de Castro, afirmou que a empresa ainda não assinou o distrato, mas que o serviço foi suspenso após a cobrança.
    Fonte: Globoesporte.com

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Total de visualizações de página

    Fashion

    Beauty

    Culture