• Ultimas notícias

    sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

    Gabriel Jesus trabalha para ser titular de novo e diz: 'Não sou craque'.


    "Não sou um craque. Sou apenas um garoto buscando seu espaço". A frase é do jogador eleito a revelação do Campeonato Brasileiro de 2015 e de uma das esperanças da Seleção nas Olimpíadas deste ano, no Rio de Janeiro. Mas Gabriel Jesus adota discurso humilde e só pensa em ser titular do Palmeiras de novo.

    "Todos estão recebendo oportunidades e tive a minha, mas deixei escapar. Vou lutar e trabalhar para conseguir de novo meu espaço e, quem sabe, voltar a ser titular", disse o atacante de 18 anos, que ficou na reserva de Erik na estreia da Libertadores, mas fez gol e foi considerado o melhor em campo pelos patrocinadores da competição na terça-feira.

    "Futebol é oportunidade. Tive a minha no ano passado, e o Rafael Marques, que é excelente pessoa e atleta, compreendeu. Eu também sempre respeitei e vou respeitar. Todos querem jogar e demonstrar futebol para ajudar o Palmeiras, e a equipe está se acertando. O que importa é ajudar o clube. Estamos todos à disposição sempre", continuou Gabriel Jesus.

    É o primeiro momento de retomada do jogador que estreou como profissional no ano passado e ganhou até música especial da torcida (Glória, glória, aleluia, é Gabriel Jesus) por seu desempenho no segundo semestre. "Por se tratar do Palmeiras, da grandeza do clube, preciso estar sempre bem. Todos que jogam ou já jogaram sabem como é difícil quando não se está em bom momento. Mas é trabalhar como trabalho, forte e focado, sempre querendo passar meus limites e metas".

    Pensando assim, Gabriel Jesus já garante não ter problema em passar o jogo correndo para marcar os laterais adversários, mesmo que não goste tanto da tarefa. Com humildade, deixa de lado todas as expectativas já criadas, inclusive na comparação com o principal jogador brasileiro da atualidade.

    "O Neymar é único, assim como eu sou único, o Robinho, o Pelé e o Messi são únicos. Falar em uma pessoa querendo igualar outra é difícil, ainda mais se tratando de Neymar, que é o número 1 do Brasil e que torço para ser o número 1 do mundo", declarou Gabriel Jesus, entendendo o anseio da torcida, mas sem se empolgar.

    "Diziam que o Palmeiras não estava revelando, mas voltou a revelar e consegui meu destaque na base. A torcida começou a me elogiar e me admirar. Só que prefiro me focar, sempre determinado para trabalhar e conquistar minhas metas, ser tudo que quero ser um dia", declarou o atacante.
    Fonte: ESPN

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Total de visualizações de página

    Fashion

    Beauty

    Culture