• Ultimas notícias

    sexta-feira, 1 de abril de 2016

    Árbitro registra preparador do Verdão expulso por rádio proibido.


    Recém-contratado para ser preparador físico do Palmeiras, Omar Feitosa foi expulso na vitória por 3 a 0 sobre o Rio Claro, nessa quinta-feira, por utilizar uma comunicação proibida. O árbitro registrou na súmula a utilização de um rádio para falar com quem estava em outro local do Pacaembu.

    “Aos 66 minutos de jogo, excluí do banco de reservas o preparador físico da equipe S.E. Palmeiras, Sr. Jose Omar Alves Feitosa, devido o mesmo estar utilizando rádio comunicador para se comunicar com pessoas externas à partida”, escreveu o juiz Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza.

    Este tipo de comunicação é proibido, e Omar sabe disso. Câmeras do Premiere FC flagraram o preparador físico colocando fones no casaco após comandar o aquecimento dos reservas e, ao ser questionado pelo árbitro se estava com o rádio, abre o agasalho para negar. Mesmo assim, é expulso.

    Omar era gerente de futebol do Palmeiras em 2013 quando um preparador físico foi expulso pelo mesmo problema. Em 28 de agosto daquele ano, quando o time perdeu por 3 a 0 para o Atlético-PR e acabou eliminado da Copa do Brasil, o preparador físico Carlos Fabiano Mazolla Vieira teve sua exclusão definida por utilizar um equipamento de comunicação eletrônica.
    Fonte: Gazeta Esportiva


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Total de visualizações de página

    Fashion

    Beauty

    Culture