• Ultimas notícias

    sexta-feira, 15 de abril de 2016

    Cleiton Xavier expõe alegria por retorno e agradece torcida: ‘Carinho recíproco’.


    Depois de ficar um longo período fora dos gramados, o torcedor do Palmeiras pôde, enfim, ver o meia Cleiton Xavier com a camisa do Verdão. O meia, que entrou na vitória por 4 a 0 sobre o River Plate-URU, na última quinta-feira (14), no Allianz Parque, lamentou o tempo ausente da equipe palestrina e já projetou uma volta por cima com o manto alviverde.
    “Foi um tempo longo, e eu estava um pouco ansioso para estrear novamente. Infelizmente, eu fiquei esse tempo parado. Vim trabalhar firme todos os dias junto com o Departamento Médico, até peço desculpas à torcida por não ter sido antes. Estou feliz por ter voltado, mas triste pela eliminação”, falou. “Voltarei bem e me recondicionarei aos poucos. Acredito que a minha estreia foi boa, não tive dificuldades com a bola. Espero voltar, me adaptar mais e, no fim do campeonato, estarei 100%”, emendou.

    O atleta detalhou o sentimento de não fazer parte dos jogos do clube em boa parte de 2015 e no início deste ano. “A gente fez o possível e o impossível para eu estar em campo, que é o meu lugar. Eu, mais do que ninguém, fiquei muito chateado de não poder fazer o que eu gosto e ajudar o Palmeiras, que é o meu time de coração. Não queria estar fora. O importante é que eu estou recuperado e darei a volta por cima, sem dúvida nenhuma”, afirmou, revelando até o desejo de deixar o futebol durante esta fase.
    “Passou muito pela minha cabeça (parar de jogar futebol), sem dúvida nenhuma. Nunca aconteceu isso em minha carreira. Não seria justo eu estar aqui e não fazer o que eu gosto, que é ajudar o meu time. Até pensei em pedir para sair, não receber o salário até para diminuir as críticas, mas, graças a Deus, tudo isso já passou”, contou.
    E, para evoluir junto com o Palmeiras, Xavier conta com o apoio da torcida, que foi evidenciado no duelo com os uruguaios. “É um carinho recíproco, tanto meu com o Palmeiras quanto com a torcida também, e sou grato por isso. Foi um período difícil, complicado e até entendo algumas críticas. Agradeço o carinho da torcida e espero dar uma resposta positiva daqui para a frente”, declarou o jogador.
    Já sobre a sua condição física, o camisa 10 foi bem realista. “Tenho de ser bem consciente, foi o meu primeiro jogo e falta ritmo. Apesar de ter treinado muito, não é a mesma coisa do jogo. Deixei claro que eu estou à disposição”, explicou. “É o meu time de coração e tenho muito orgulho. Fiz questão de vir para o Palmeiras por isso, fico feliz e espero fazer muitos mais jogos”, completou.
    Fonte: Site Oficial

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Total de visualizações de página

    Fashion

    Beauty

    Culture