Hino da S.E.Palmeiras com Letra e Música - Tv Palmeirense | Portal da Torcida Palmeirense

Header Ads


Hino da S.E.Palmeiras com Letra e Música



Letra e música de Antônio Sergi

Quando surge o alviverde imponente
No gramado em que a luta o aguarda
Sabe bem o que vem pela frente
Que a dureza do prélio não tarda
E o Palmeiras no ardor da partida
Transformando a lealdade em padrão
Sabe sempre levar de vencida
E mostrar que de fato é campeão
Defesa que ninguém passa
Linha atacante de raça
Torcida que canta e vibra (2x)
Por nosso alviverde inteiro
Que sabe ser brasileiro
Ostentando a sua fibra

VEJA TAMBÉM: 

HINO DO PALMEIRAS NA GUITARRA - CLIQUE AQUI 

HINO DO PALMEIRAS NO VIOLINO - CLIQUE AQUI 
HINO DO PALMEIRAS VERSÃO ROCK - CLIQUE AQUI
HINO DO PALEIRAS TIHUANA - CLIQUE AQUI

Para ouvir e baixar o Hino do Verdão, Clique aqui!

A HISTÓRIA 

O hino da Sociedade Esportiva Palmeiras foi composto em 1949 por Antonio Sergi, maestro compositor e regente da orquestra ítalo-brasileira. Nascido na Itália, o músico naturalizou-se brasileiro e tornou-se bastante conhecido por também atuar nas principais rádios de São Paulo – “Totó”, como era chamado, foi diretor artístico na Rádio Cruzeiro do Sul e regente da orquestra da Rádio Educadora Paulista, que posteriormente se transformaria na Rádio Gazeta.





Criador da Orquestra Columbia, gravou inúmeros sucessos ao lado de intérpretes da década de 40 e recebia convites para animar grandes eventos sociais paulistanos, como as festas na mansão dos Matarazzo, na Av. Paulista. Dr. Antonio Sergi era também médico cardiologista formado pela Escola Paulista de Medicina e professor do Consultório Dramático e Musical de São Paulo. Faleceu no dia 3 de junho de 2003, aos 90 anos.



Sergi compôs a letra e a melodia do hino alviverde atual. Como não tinha o hábito de escrever letras, somente a regência e arranjos musicais, nas poucas vezes em que o fez utilizou o pseudônimo de Gennaro Rodrigues. O fato gerou confusão por vários anos, com torcedores imaginando se tratarem de pessoas diferentes.



Presume-se que a inspiração do autor para compor o hino palmeirense tenha surgido justamente pelo fato de ele conhecer profundamente e ter vivenciado o episódio da mudança de nome em 1942. A letra do hino, aliás, faz referências diretas à identidade alviverde, com destaque para os versos finais: “Que sabe, ser brasileiro, ostentando a sua fibra!”. O excepcional desempenho da defesa na campanha do Campeonato Paulista de 1947 também teria inspirado o trecho da “defesa que ninguém passa”.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.