PUBLICIDADE

Oliveira valoriza elenco qualificado e concorrência entre jogadores: ‘É saudável’.


Perto de estrear no Campeonato Paulista, o Palmeiras realiza os últimos preparativos para o tão esperado retorno aos gramados depois de um ano de 2015 satisfatório para todos os palestrinos. Com o título da Copa do Brasil na última temporada e um elenco ainda mais reforçado em 2016, o técnico Marcelo Oliveira vê com bons olhos o futuro do Verdão neste ano, mas sabe que é preciso paciência para o crescimento da equipe verde e branca.
“Estamos satisfeitos com o número de jogadores e a qualidade deles. Podemos fazer um belo trabalho com jogadores de qualidade semelhante e características diferentes. Toda mudança drástica requer tempo, e o Palmeiras havia tido dois anos ruins antes de 2015. No ano passado, o Palmeiras já foi vice do Paulistão, e com grandes chances de conquistar. Além disso, esteve próximo do G-4 durante um bom período e ganhou a Copa do Brasil. Já houve evolução, e estamos confiantes para fazer um time que seja competitivo, que é o que o futebol exige, e também envolvente”, declarou.
E a forte concorrência em todos os setores do time agrada o comandante. “Não tem um jogador ou um destaque, mas, ao longo do trabalho, todos estão lutando e mostrando empenho. Os jogadores vão se escalando com a minha convicção e a estrutura do time. Acho saudável isso, os jogadores empenhados a buscar uma posição. Quem tem a ganhar é o Palmeiras com tudo isso, e a torcida também”, afirmou, reforçando também a importância do trabalho realizado fora das quatro linhas.  
“Eu já conscientizei os jogadores disso, é um exercício diário comentar que todos são importantes. Em algum momento, um jogador de muito bom nível até estará fora da lista de concentração, mas, em outro momento, pode voltar. Isso dá uma concorrência saudável, estimula todos e dá ao técnico a chance de mudar o time, uma peça ou outra, de acordo com o adversário”, disse. “Fico satisfeito e acho que temos um elenco muito bom. Parabenizo o clube por formar este elenco em um momento que os times estão perdendo jogadores”, completou.
Agora, com o novo acordo que envolve a Crefisa e a FAM, Oliveira admite uma cobrança extra por resultados expressivos nesta temporada. “A pressão é inerente no futebol porque sempre somos pressionados e queremos doar e agregar mais para buscarmos os melhores resultados. Temos um grupo que nos deu muitas opções em 2015, uma base de um time e um título importante. Temos agora um patrocínio ainda maior que nos honra muito, com uma empresa muito importante e que tem nos ajudado muito. A responsabilidade aumenta mais e temos de estar preparados para isso. Não nos faltará trabalho e empenho para atingir os objetivos”, finalizou.
Fonte: Site Oficial

Postar um comentário

Copyright © Tv Palmeirense | Portal de Vídeos do Palmeiras. Blogger Templates Designed by OddThemes