• Ultimas notícias

    segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

    Prass sente time de 2016 mais forte e prevê evolução no Paulista.


    As duas primeiras partidas disputadas pelo Palmeiras em 2016 já foram suficientes para Fernando Prass perceber que o time atual é mais forte que o do ano passado, campeão da Copa do Brasil. Até a estreia na sonhada Libertadores, o goleiro aposta na possibilidade de evoluir ainda mais durante as rodadas iniciais do Campeonato Paulista.

    Nos dois primeiros confrontos do ano, válidos pela Copa Antel, o Palmeiras venceu o Libertad-PAR por 2 a 0 e perdeu nos pênaltis do Nacional por 4 a 3 após empate sem gols no tempo normal. Entre as duas partidas, com uma equipe formada por reservas, bateu o River Plate-URU por 4 a 0 em jogo-treino.

    “É claro que isso não garante resultados, mas sem dúvida estamos mais fortes, porque mantivemos a base. No ano passado, quando nos apresentamos em janeiro, ninguém sabia a base do time titular. Hoje, 80% da equipe do Palmeiras já está definida. Depois, vai depender de cada jogador, mas começamos mais fortes em termos de time”, disse Prass.

    Para 2016, o Palmeiras contratou o goleiro Vagner, os zagueiros Edu Dracena e Roger Carvalho, os volantes Rodrigo e Jean, os meias Moisés e Régis e o atacante Erik. Experiente, Fernando Prass foi cauteloso, mas falou com otimismo sobre o grupo de oito reforços.

    “A pré-temporada é complicada, porque o jogador ainda está com a perna pesada e isso acaba influenciado na parte técnica. Eles não estavam com a gente, então ainda não conhecem a mecânica de jogo, mas pelo que vemos nos jogos e treinamentos, são atletas que vão agregar, até porque possuem características diferentes”, afirmou.

    O Palmeiras estreia no Campeonato Paulista no próximo domingo, contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. Teoricamente, a equipe titular é formada por Fernando Prass; Lucas, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Arouca e Matheus Sales; Robinho, Dudu e Gabriel Jesus; Barrios.

    O primeiro jogo na Copa Libertadores está marcado para o dia 16 de fevereiro, contra o vencedor do duelo entre Universidad de Chile e River Plate-URU. Antes disso, pelo Campeonato Paulista, o Palmeiras enfrenta São Bento, Oeste e Linense, além do Botafogo-SP.

    “Temos que aproveitar esses jogos do Paulista para vencer e fazer uma boa pontuação. Pensando em Libertadores, é um campeonato que pode ajudar muito, até pelo grau de exigência, que é muito alto e vai nos obrigar a chegar na Libertadores em um nível bom. Temos que crescer durante a competição”, declarou Prass.
    Fonte: Gazeta Esportiva

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Total de visualizações de página

    Fashion

    Beauty

    Culture