PUBLICIDADE

WTorre quer atingir 95% de camarotes vendidos no Allianz Parque em 2016. Os 5% restantes serão para vendas pontuais.


Responsável pela administração do Allianz Parque por 20 anos, a WTorre quer atingir a marca de 95% dos camarotes vendidos do estádio do Palmeiras em 2016, índice que corresponde a cerca de 155 do total de 164 áreas vips da arena. As unidades restantes seriam utilizadas pela construtora para vendas pontuais em grandes eventos, como em jogos decisivos da Libertadores e mega-shows.

Essa estratégia foi comentada pelo diretor comercial da WTorre, Heraldo Evans Neto, responsável pelos contratos do Allianz Parque, em entrevista exclusiva à coluna.

Atualmente, a construtora já comercializou 80% dos camarotes (cerca de 130 unidades). Os contratos são de 3 e 5 anos, e variam entre R$ 350 e R$ 515 mil por temporada. De acordo com a WTorre, 69 empresas diferentes estão presentes nos espaços premium do Allianz Parque.

Leia abaixo a entrevista na íntegra com o executivo da WTorre.

Qual a avaliação da WTorre para esse primeiro ano do estádio Allianz Parque?
O primeiro ano é sempre difícil mas nossa avaliação é que mais acertamos do que erramos. Mas em termos de resultado foi espetacular. O fato de ter fechado o naming rights bem antes da inauguração da arena foi muito importante, pois é um patrocínio que corresponde a 40% do faturamento total.

Há negociações em andamento para novos patrocínios?
Os principais no momento são os chamados “sector naming rights”, que são a exploração dos anéis inferior e superior. No setor inferior, a cota foi adquirida pelo Banco do Brasil este ano e estamos em fase final de renovação do contrato por mais três anos. O superior também devemos ter um patrocinador para 2016 e há duas empresas interessadas.

Qual o diferencial para fechar esses acordos em um momento de crise?
As apostas acima do mercado vem da segurança em apostar em um estádio com gestão profissional, cujos executivos vão além do futebol. E quando se tem um produto bom nas mãos, as empresas reconhecem isso.

Há outras cotas de patrocínio sendo disponibilizadas para o mercado?
Sim. Estamos ampliando as possibilidades de venda e queremos fechar acordos para ter marcas específicas para os segmentos de refrigerante, cerveja, hambúrguer, entre outros. Esse é um mercado que devemos atacar no próximo ano.

Há alguma negociação adiantada para essas categorias?
Não podemos revelar, mas até o Carnaval vamos fechar a segunda loja com uma rede de fast-food.

A marca de sorvete oficial do estádio era a Diletto. Por que a empresa desfez a parceria?
Era o sorvete oficial do estádio mas houve uma mudança no corpo diretivo da empresa e eles preferiram desfazer o acordo. Mas já estamos negociando com outra empresa e em breve já teremos um novo acordo.

Que outras áreas ainda precisam ser terminadas e que poderão ser exploradas comercialmente?
Há um restaurante panorâmico para 350 pessoas que já tem toda a área pronta e que falta apenas algumas coisas de acabamento. Há também seis pontos espalhados por todo o estádio que será da Meltex, parceira do Palmeiras, que irá espalhar lojas da Academia Store. Uma delas ficará no início e final do tour pelo estádio.

Como estão as vendas de camarotes?
Já vendemos 80% de um total de 164 camarotes. São 69 marcas diferentes que estão presentes nessa área premium, que oferece um serviço diferenciado. São contratos de 3 e 5 anos que variam de R$ 350 a R$ 515 mil por ano. Nossa meta é chegar a 95% dos camarotes vendidos em 2016 e temos que aproveitar o bom momento do time, com a disputa da Libertadores, para atingir isso.

A meta ideal não seria 100%?
Sim. Mas vamos deixar alguns camarotes para ações especiais e vendas pontuais em grandes eventos como os jogos da Libertadores. Na final da Copa do Brasil, por exemplo, todos os espaços premium do estádio estavam ocupados. Vendemos os camarotes que estavam livres para empresas de forma pontual para o jogo e para parceiras que já têm seus espaços no Allianz Parque e queriam realizar uma ação maior. Por já terem camarotes, essas empresas tiveram desconto de 50%.

O que a WTorre pretende melhorar para o estádio em 2016?
Nossa expectativa é aumentar o número de eventos no anfiteatro, pois realizamos apenas dois até hoje. E uma arena multiuso tem que aproveitar esse fato da estrutura do anfiteatro não utilizar o gramado, pois podemos realizar um show no sábado à noite e ter jogos do Palmeiras no domingo à tarde.

No total, foram quantos eventos realizados no Allianz Parque?
Foram 39 jogos, sete mega shows, dois shows no anfiteatro, 40 eventos corporativos e quatro eventos sociais.

Para 2016 pretende aumentar o número de grandes shows? Quanto essa área faturou até agora?
Em relação aos mega shows, entre cinco e dez eventos desse porte estaremos satisfeitos. O que temos que incrementar mesmo é em eventos médios no anfiteatro. No faturamento que tivemos até o momento, a área de eventos correspondeu a 5% do total, mas o Palmeiras tem participação em tudo.

Ver o show do Rolling Stones ser realizado no Morumbi foi uma derrota?
Sempre é pois se trata de um conteúdo diferenciado. Mas sabemos que não dá para ganhar todas. E para 2016, já temos fechados Maroon 5, Andrea Bocelli, Iron Maiden e Coldplay.

Fonte: Blog de prima/Lancenet


Postar um comentário

Copyright © Tv Palmeirense | Portal de Vídeos do Palmeiras. Blogger Templates Designed by OddThemes