PUBLICIDADE

Belluzzo relembra 2009 e vê jogadores do Palmeiras “apavorados”.


A goleada sofrida por 4 a 1 contra o Água Santa, que colocou o Palmeiras na lanterna do Grupo B do Campeonato Paulista e próximo da zona de rebaixamento na classificação geral da competição, agitou os bastidores do clube alviverde. Em meio à pressão e as críticas dos conselheiros, porém, Luiz Gonzaga Belluzzo, ex-presidente do Verdão, preferiu não criticar a gestão comandada por Paulo Nobre, mas afirmou que vê o elenco palmeirense inseguro.

“É um momento agudo, difícil, doloroso. Usar a condição de ex-presidente não é conveniente. Eu respeito meu clube, sem pensar nas mágoas. Desejo que o time se recupere e possa restaurar a confiança, você vê os jogadores inseguros. Ficou claro que eles estão apavorados, não têm força para reagir, não é fácil vestir essa camisa verde de tantas glórias”, disse Belluzzo, em entrevista à rádio Bandeirantes.

Como termo de comparação para a situação complicada vivida no clube, o ex-presidente lembrou o título brasileiro “perdido” em 2009, quando o Palmeiras nem conseguiu se classificar para a Copa Libertadores após várias rodadas liderando o torneio nacional.

“Se for convidado a falar dentro do Palmeiras, eu falarei. Fora, não vou fazer. Eu sei como é complicado, difícil viver essa situação. Eu perdi um campeonato (Brasileiro) em 2009 praticamente ganho, não vivi traumas de queda, mas é inconveniente um ex-presidente citar os problemas agora”.


Ex-presidente comentou possível racha no elenco alviverde (Foto: Cesar Greco/Fotoarena)

Belluzzo ainda comentou sobre a notícia envolvendo um possível racha no elenco do Palmeiras, dividido entre os grupos de Zé Roberto, Robinho e Fernando Prass, algo descartado pelos jogadores.

“Houve uma notícia (racha no elenco), mas eu não raciocínio sobre hipóteses. Quando clube está em situação como essa, surgem boatos, ideias, mas a gente precisa provar. Acho que o elenco está inseguro pelos insucessos. Não podemos adicionar outras instabilidades”, afirmou.

Por fim, Belluzzo contou sua reação após a goleada sofrida contra o Água Santa e descartou qualquer possibilidade de retornar ao meio político do Palmeiras.

“Eu quase não consegui jantar por causa da derrota, só consegui por amigos generosos, palmeirenses, são-paulinos, que não tocaram no assunto. Eu não acho que devam me consultar, não me acho acima da média. Eu nem gostaria mais de participar da vida do clube, eu torço para 11 camisas verdes correndo atrás da bola”, finalizou.

Se o ex-presidente Belluzzo prefere não comentar a situação conturbada vivida pelo Palmeiras, o atual mandatário, Paulo Nobre, concederá entrevista coletiva no clube por volta de 16h30 para dar explicações sobre o planejamento da equipe e os recentes resultados ruins.
Fonte: Gazeta Esportiva

Postar um comentário

Copyright © Tv Palmeirense | Portal de Vídeos do Palmeiras. Blogger Templates Designed by OddThemes