PUBLICIDADE

Em crise técnica, Palmeiras tem só um dos oito reforços como titular.


A atuação da diretoria do Palmeiras nos meses de dezembro e janeiro foi agressiva. Depois de sofrer com uma instabilidade na defesa e no meio de campo durante o segundo semestre de 2015, o Verdão foi ao mercado focado em reforçar as posições mais carentes do plantel.
Rápidos, os palmeirenses contrataram oito reforços durante a pré-temporada. 

Quase três meses depois, apenas um deles ganhou posição fixa entre os titulares (o zagueiro Edu Dracena). Antes elogiado, o planejamento da diretoria agora convive com fortes críticas nos bastidores.
O motivo de maior reclamação é a ausência de um armador. No último domingo, Cuca disse que ainda avalia o elenco, mas não descartou a possibilidade de solicitar a chegada de mais reforços aos dirigentes. 

Veja a situação dos reforços do Palmeiras:

VÁGNER

Vagner é reserva de Fernando Prass (Foto: César Greco / Ag. Palmeiras / Divulgação)

No caso do goleiro, não há questionamentos. Ele foi contratado para ser reserva de Fernando Prass. Até o momento, foi relacionado para todos os jogos do Palmeiras em 2016. Só terá uma chance na equipe em caso de necessidade - lesão ou suspensão do titular.

EDU DRACENA

Dracena forma dupla com Vitor Hugo (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)
Dos reforços, é o único que conseguiu se firmar como titular do Palmeiras. Experiente, o zagueiro de 33 anos exerce papel importante na defesa do Verdão. Após perder as primeiras rodadas do Paulistão e da Libertadores por causa de uma lesão muscular, hoje forma dupla ao lado de Vitor Hugo. Já atuou cinco vezes na temporada.

ROGER CARVALHO

Roger Carvalho começou bem, mas acabou virando opção (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
Na ausência de Dracena, o zagueiro teve uma sequência elogiada entre os titulares. Mas uma lesão no joelho fez com que perdesse espaço. Com seis partidas pelo clube, hoje ele é opção para a defesa ao lado de Thiago Martins e Nathan.

JEAN

Jean perdeu a posição após a chegada de Cuca ao clube (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Por ter qualidade na saída de jogo e boa chegada ao ataque, foi uma opção criativa para melhorar a produção ofensiva do Verdão. Era titular com Marcelo Oliveira, mas foi tirado do time por Cuca nas últimas duas partidas. Ele fez nove jogos e marcou um gol no ano.

RODRIGO

Rodrigo não foi sequer inscrito no Paulistão (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Um caso difícil de explicar. O Palmeiras entrou disputa com o São Paulo para tirar o volante do Goiás, sendo que já contava no elenco com Thiago Santos, Arouca, Matheus Sales, Gabriel, além de Jean, todos para a mesma posição. Resultado: o reforço sequer foi inscrito no Campeonato Paulista. Só entrou na lista da Libertadores porque Moisés se machucou. Caso contrário, apenas treinaria no clube sem muitos objetivos. 

MOISES 

Moisés foi prejudicado por uma lesão no pé esquerdo (Foto: César Greco / Ag. Palmeiras / Divulgação)

Teve bom desempenho nos amistosos durante a pré-temporada, em janeiro, no Uruguai. Era uma das grandes apostas da diretoria palmeirense, principalmente pelas características de poder atuar como segundo volante ou mais avançado. Em seu primeiro jogo oficial pelo Verdão, porém, sofreu uma fratura no pé e, operado, só volta ao time em junho. No total, tem três jogos e um gol.

RÉGIS

Régis chegou sob grande expectativa, mas nao conseguiu convencer (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Contratação que ainda cria grande expectativa entre os torcedores palmeirenses. Meia ofensivo, tem qualidade no passe e pode fazer a função de camisa 10 centralizado no meio de campo - agradou jogando assim no Sport, no ano passado. Mas pouco atuou em 2016 até o momento. Nas três vezes em que entrou em campo não teve muito destaque.

ERIK

Erik voltou a ser aproveitado após a chegada de Cuca (Foto: Felipe Zito)
Foi o maior investimento do Palmeiras para 2016. A revelação do Goiás custou cerca de R$ 12 milhões aos cofres do Verdão. Até o momento, porém, não deu retorno em campo. Depois de receber elogios nos amistoso de pré-temporada, acabou perdendo espaço e chegou até ser cortado do banco em alguns jogos. Com Cuca, porém, voltou a ser aproveitado. São dez jogos e nenhum gol até o momento.
Fonte: Globoesporte.com

Postar um comentário

Copyright © Tv Palmeirense | Portal de Vídeos do Palmeiras. Blogger Templates Designed by OddThemes