PUBLICIDADE

Marcelo espera que “sofrimento desnecessário” fortaleça Palmeiras.


O Palmeiras penou para vencer o Rosario Central por 2 a 0 na noite de quinta-feira. O técnico Marcelo Oliveira, aliviado pelo resultado no Palestra Itália, reconheceu a queda da equipe no segundo tempo e, de forma otimista, manifestou o desejo de ver a equipe fortalecida para as próximas rodadas da Copa Libertadores.

O Palmeiras dominou a etapa inicial e criou algumas boas chances de gol, mas apenas Cristaldo conseguiu aproveitar. No segundo tempo, acuado pelo Rosario Central, o time foi salvo por Fernando Prass e, já nos acréscimos do árbitro Enrique Cáceres, matou o jogo com Allione.

“Foi um sofrimento desnecessário. Se tivéssemos acertado um ou dois contra-ataques, o sofrimento não seria tão grande. Sofremos uma pressão que não é normal com o time ganhando e jogando em casa. Isso vai ser tema de avaliação e interna”, disse Marcelo, esperançoso. “Tomara que possa nos fortalecer para as próximas rodadas”, completou.

O Palmeiras foi massacrado pelo Rosario Central no segundo tempo e, espremido no campo de defesa, quase sofreu o empate em distintas oportunidades. Durante a pressão argentina, Robinho cometeu pênalti em Cervi, mas Fernando Prass defendeu a cobrança de Ruben.

“Não havia orientação para a equipe ficar atrás. Acho que foi uma combinação de situações. O time ainda não está totalmente maduro e procurou proteger o resultado. Falamos muito da importância de ganhar. Se possível, jogando bem, mas também mesmo sem jogar bem”, disse Marcelo, procurando explicações para a queda da equipe.

Com seu time na liderança do torneio nacional argentino, o técnico Eduardo Coudet deixou em Rosario os lesionados Marcelo Larrondo e Cristian Villagra e ainda poupou Alejandro Donatti e Walter Montoya. Para completar, começou com Giovani Lo Celso no banco. Apesar dos desfalques, o time ganhou elogios de Marcelo.

“O adversário tem qualidade e veio para cima. Acabamos recuando e dando muito espaço. Quando recuperávamos a bola, não conseguíamos manter a posse. Faltou também uma marcação mais justa. Se estávamos protegendo o resultado, eles não poderiam rodar a bola com facilidade e chegar ao nosso gol”, admitiu.

Sem os titulares, cansados de correr atrás do Rosario Central, o Palmeiras enfrenta o Capivariano às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no Palestra Itália, pelo Campeonato Paulista. Às 21h45, novamente em casa, a equipe recebe o Nacional, pela Copa Libertadores.
Fonte: Gazeta Esportiva

Postar um comentário

Copyright © Tv Palmeirense | Portal de Vídeos do Palmeiras. Blogger Templates Designed by OddThemes