PUBLICIDADE

Ainda sem formação ideal, Palmeiras já comemora evolução com Cuca.


Com pouco tempo para treinar, baseando seu trabalho, basicamente, na conversa, Cuca ainda não encontrou uma escalação ideal. Mesmo assim, os jogadores já comemoram o que consideram uma evolução do Palmeiras, que ressurgiu após a demissão do técnico Marcelo Oliveira e segue com chances de classificação no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores da América.

“O Palmeiras já vem melhorando. Mostrou uma evolução muito grande do começo do ano para agora, vem vivendo um momento diferente”, comemorou o volante Gabriel, animado com os três últimos jogos, nos quais o time venceu Rio Claro e Corinthians, pelo Estadual, e empatou por 3 a 3 diante do Rosario Central, na Argentina, pela Libertadores, após quatro derrotas seguidas com Cuca.

“O padrão tático está melhor, isso é visível. A equipe está se encontrando, conseguindo tocar um pouco mais a bola, agredir mais o adversário, ter um ritmo maior na partida. Mas temos muito a melhorar. O Cuca está trabalhando bastante nesse aspecto e a equipe está mais confiante. Cada um, individualmente, ainda vai melhorar muito”, apostou o meio-campista.

O padrão aparece independentemente das mudanças na escalação. Cuca não repetiu nenhuma formação nos sete jogos à frente do clube, o que lamenta. Mas o treinador cede às necessidades e até se arrisca, como nessa quarta-feira, quando adotou esquema com três zagueiros mesmo sem ter treinado nenhuma vez para o duelo em Rosário.

“Não gosto de fazer isso, sinceramente. Gosto de ter meu jeito de jogar e dar sequência, jogando conforme o adversário só esporadicamente. Mas ainda não temos um padrão definido e não adianta eu impor um. Estamos analisado bem o adversário e montando o time em cima deles, para marcar e também oferecer perigo”, explicou Cuca.

Ofensivamente, o Palmeiras cresceu e, por isso, depende só de uma vitória sobre o Mogi Mirim, no domingo, para ir às quartas de final do Paulista. Na Libertadores, é necessário ganhar do River Plate-URU, no Palestra Itália, e torcer para que o Nacional vença o Rosario no Uruguai. De qualquer forma, já fica a lição dos três gols sofridos na Argentina nesta semana, com falhas defensivas.

“Tomamos três gols de bola parada. Isso não pode acontecer, principalmente em momentos como esses, decisivos e que podem fazer a diferença. Mas a equipe tem confiança e todos estão tentando fazer o melhor. O Cuca está armando bem a equipe para isso não acontecer”, continuou elogiando Gabriel.
Fonte: Gazeta Esportiva

Postar um comentário

Copyright © Tv Palmeirense | Portal de Vídeos do Palmeiras. Blogger Templates Designed by OddThemes