PUBLICIDADE

Gabriel Jesus providencia visto e pode se juntar à Seleção nos EUA.


Dunga convocou Kaká para a vaga do lesionado Douglas Costa na iminência da Copa América Centenário, nos Estados Unidos. No entanto, outro jogador poderá chegar à Seleção Brasileira nos próximos dias. Trata-se do atacante do Palmeiras Gabriel Jesus. O visto do atleta estará pronto na próxima terça-feira (31), conforme informou a assessoria do clube, e a revelação palmeirense estaria legalmente apta a viajar para o país norte-americano.

O documento só não sairá antes em função do feriado Memorial Day, que homenageia os soldados norte-americanos mortos em conflitos. Jesus chegaria para o lugar de Rafinha, que pode ser cortado devido a dores musculares. Desde a primeira convocação de Dunga, no dia 5 de maio, Ricardo Oliveira, do Santos, e Douglas Costas, foram os atletas que deixaram o time nacional por questões físicas.

Em entrevista coletiva concedida neste sábado, Dunga chegou a criticar jogadores que não apresentaram documentação suficiente para compor o grupo da Seleção nos Estados Unidos. O treinador não citou nomes, mas um de seus alvos na crítica seria Gabriel Jesus, que estava na pré-lista para a Copa América.

“Nós fizemos lista de 40 jogadores, passei lista para o Gilmar, ele repassou para os clubes. A lista continha a documentação que precisávamos, toda uma série de documentos que necessita. No momento em que estávamos dando baixa, observamos questão técnica, questão de experiência, liderança, como o jogador está dentro da seleção, aquilo que pode contribuir. Nós temos repetido que jogadores têm que estar sempre em contato com a CBF e pronto. Quando eu falo pronto, não é somente física e tecnicamente. Como estamos fora do Brasil, também ter que ter os documentos”, esbravejou.

Com o problema burocrático para convocar jogadores, Dunga chamou às pressas o experiente meia Kaká, que defende o Orlando City, dos Estados Unidos. O atleta integrou-se à Seleção poucas horas depois de ter seu nome oficializado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Ao comentar inicialmente a convocação de Kaká, o técnico da Seleção disse que a vinda do atleta se justificava por seu carisma e experiência. Nesta amanhã, Dunga afirmou que “a escolha do Kaká, primeiramente, é a questão técnica”. Em seguida, o comandante ressaltou o fato de o veterano contar com a facilidade burocrática para integrar a equipe e voltou a criticar aqueles que não se adiantaram em relação a documentos.

“Outros poderiam estar, mas não tinha documentação. Todos nós estamos cobrando postura nova. Temos que ter profissionalismo. A meritocracia vem em primeiro lugar numa convocação, mas também ser levada em conta a organização e profissionalismo”, apontou.
Fonte: Gazeta Esportiva

Postar um comentário

Copyright © Tv Palmeirense | Portal de Vídeos do Palmeiras. Blogger Templates Designed by OddThemes